Vereadora Missionária Michele Collins tem Lei sancionada pelo prefeito do Recife - Michele Collins

Vereadora Missionária Michele Collins tem Lei sancionada pelo prefeito do Recife

Na tarde de ontem, a vereadora Missionária Michele Collins subiu a tribuna da Câmara Municipal do Recife para falar sobre a Lei Nº 18.409/2017, de sua autoria, que foi sancionada pelo prefeito Geraldo Julio. A proposta cria no Recife o serviço de Referência de Doenças Raras.

A vereadora agradeceu ao prefeito pela sensibilidade de sancionar o texto na íntegra, tal como foi encaminhado pela parlamentar no seu projeto de lei. “É uma vitória grande para o Recife poder contar com esse centro especializado. Muito alegra o nosso coração poder contribuir com essas famílias”, comemorou.

O serviço de referência deverá emplacar quase 2 milhões de pessoas, oferecendo gratuitamente um espaço com profissionais das mais diversas especialidades, exames específicos e um serviço multidisciplinar que proporcione atendimento integral às pessoas com doenças raras e seus familiares. A vereadora chamou atenção para o fato de que, embora sejam raras, existe um número muito grande de pessoas afetadas. No Brasil cerca de 13 milhões de pessoas têm algum tipo de doença rara, em Pernambuco são aproximadamente 539 mil.

Michele Collins ressaltou que a ideia de criar um centro de referência surgiu a partir de encontros da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, o qual preside, com representantes de entidades como a AMAR – Aliança de Mães e Famílias Raras. Por isso, além do prefeito, ela agradeceu à Pollyana Dias, presidente da Amar e à assessora Janaína Pereira pela conquista. “O serviço certamente vai melhorar a qualidade de vida dos recifenses; aumentará a autonomia dos pacientes e servirá como apoio para os profissionais que acompanham a rotina de uma pessoa com doença rara. Além dos serviços de saúde, a unidade vai proporcionar a solidariedade fraterna, a difusão de informações sobre essas doenças e a convivência social entre os pacientes e a comunidade”, finalizou.