Michele Collins chama a atenção para necessidades de pessoas com deficiência na pandemia - Michele Collins

Michele Collins chama a atenção para necessidades de pessoas com deficiência na pandemia

 

Vacinação prioritária e acessibilidade na comunicação de informes sobre a covid-19. Essas foram algumas das necessidades de pessoas com deficiência ou doenças raras no contexto da pandemia que a vereadora Michele Collins (PP) salientou nesta terça-feira (4), durante a reunião Ordinária remota da Câmara do Recife. A parlamentar repercutiu uma reunião da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, presidida por ela, que tratou desses temas na última segunda-feira (3).

 

“Ontem, atendemos pessoas com deficiência e com doenças raras na Comissão. Reunimos diversas instituições para saber como essas pessoas estão por esses dias. As notícias são muito tristes. Elas não estão tendo a assistência necessária do poder público”, disse Michele Collins. “A lei federal coloca as pessoas com deficiência em destaque, principalmente em momentos como este, de pandemia. Essas pessoas têm prioridade e isso não está sendo respeitado, inclusive na vacinação”.

De acordo com a vereadora, participaram do encontro virtual cerca de 30 representações de entidades ligadas ao segmento das pessoas com deficiência. No entanto, apesar de terem sido convidados, gestores públicos da Prefeitura não se fizeram presentes na reunião. “O Poder Executivo, quando for chamado, tem que estar aqui com a gente. Estamos fazendo o nosso papel de ouvir a população e levar adiante suas demandas”.

Ao tratar do problema da acessibilidade na comunicação, Collins demonstrou preocupação com o fato de que muitas pessoas com deficiência estão mal-informadas porque as propagandas públicas sobre o tema não são publicizadas com a devida adaptação. Também membro da Comissão de Direitos Humanos, o vereador Ivan Moraes (PSOL) lembrou que seu mandato já aponta esse problema desde o ano passado. “ Esse segmento luta não só para ter vacina, mas para ter respeito. Em agosto de 2020, o nosso mandato lançou uma nota técnica que foi enviada aos órgãos de controle denunciando a falta de acessibilidade dos materiais de comunicação da Prefeitura em relação a covid-19. Não é novidade que a Prefeitura está deixando de cumprir com seu papel de informar as pessoas com deficiência com relação a isso”.

Sobre a vacinação –  A vereadora Michele Collins destacou a reunião da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania com pessoas  com deficientes e com doenças raras, em dois momentos da reunião Ordinária da Casa de José Mariano. Logo no início da plenária virtual, ela relatou que o encontro no dia anterior  foi  um momento muito importante, porque possibilitou ouvir atentamente todas as demandas de pessoas que têm sofrido ainda mais nesse período.  “Um dos pontos mais pedidos foi a prioridade na vacinação contra a covid. Mesmo tendo início no domingo para pessoas com comorbidades, alguns estão sofrendo para conseguir por conta de um laudo médico atualizado, que muitos  não possuem”.

Ela disse que a Comissão de Direitos Humanos vai abrir uma ouvidoria. “Estamos buscando parceria com o Ministério Público de Pernambuco. Recebemos muitas denúncias graves e que precisam ser investigadas”.

A vereadora apontou, ainda, alguns encaminhamentos  a serem tomados após os relatos ouvidos na Comissão. Ela citou uma grande relação de medidas, como por exemplo, a busca pela comunicação acessível a todos, principalmente para ajudar na inscrição da vacinação; prioridade na vacinação; necessidade de intérprete de libras na Câmara;  acessibilidade na comunicação institucional por parte do poder público; prioridade no atendimento das pessoas com deficiência nas unidades de saúde, entre outros.