Comissão de Direitos Humanos recebe grupo de agentes administrativos escolares - Michele Collins

Comissão de Direitos Humanos recebe grupo de agentes administrativos escolares

 

Um grupo de representantes dos aprovados no concurso realizado pela Prefeitura do Recife para o cargo de agentes administrativos escolares em 2014 foi recebidos pela Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, nesta segunda-feira (12). Eles cobram as nomeações de 195 aprovados – o concurso prescreve em janeiro de 2019.

 De acordo com a presidente da comissão, a vereadora Missionária Michele Collins (PP), o Poder Legislativo buscou facilitar o debate entre a Prefeitura e os concursados. “Nosso objetivo é fazer esse diálogo entre a Prefeitura e as pessoas que fizeram esse concurso há quatro anos e que expira agora em janeiro. Nós queremos que a Prefeitura convoque os aprovados a tomar posse, pois eles passaram no concurso e estão esperando. Dos 300, somente 105 foram chamados, e queremos que todos sejam”, explicou.

A gerente de gestão de pessoas da Secretaria de Educação do Recife, Sandra Serralva, representou a pasta. De acordo com ela, a Prefeitura vai fazer esforços para nomear os aprovados a tempo. “A Secretaria de Educação realmente tem necessidade, mas até este momento não conseguimos precisar se as demais nomeações vão ser agora em novembro, em dezembro ou até o final de janeiro. Mas estamos inserindo esse orçamento na previsão para 2019”, ponderou.

Segundo uma das representantes dos concursados, Natália Luz, o grupo não descarta a via judicial caso o Executivo não realize as nomeações. “O nosso concurso vai vencer no dia 30 de janeiro e a Prefeitura não chamou nem metade das vagas. Estamos com medo de chegarmos ao fim do prazo e não sermos chamados. Há uma previsão de chamar 22 pessoas ainda neste mês, mas o restante vai ter que aguardar. Pode acontecer da Prefeitura alegar que não tem orçamento para isso. Estamos nos articulando para entrar com uma ação judicial caso isso aconteça”.

Projetos- Após o debate sobre o concurso, a Comissão de Direitos Humanos deu prosseguimento à atividade de análise de matérias legislativas. Foram discutidos dez projetos que se encontram em tramitação na Câmara do Recife – todos foram aprovados. Foram distribuídos, ainda, 15 projetos aos relatores para a emissão de pareceres.

 

Foto: Anderson Barros/Câmara do Recife