Missionária Michele Collins destaca Campanha “E se fosse você?” do Grande Recife Consórcio - Michele Collins

Missionária Michele Collins destaca Campanha “E se fosse você?” do Grande Recife Consórcio

Mostrar as barreiras enfrentadas no dia a dia por pessoas idosas e pessoas com deficiência é a proposta da Campanha “E se fosse você?”. O tema foi exposto pela Missionária Michele Collins, nesta quarta-feira (24), durante sessão plenária na Câmara do Recife. A iniciativa é promovida pelo Grande Recife Consórcio de Transporte nos terminais integrados do Recife e na Região Metropolitana. A ação segue até dezembro.

De acordo com a parlamentar o projeto conta com rodas de conversa, fiscalização das plataformas elevatórias dos ônibus e simulação de situações rotineiras para uma pessoa idosa ou com deficiência. “As pessoas são convidadas a subir nos ônibus utilizando óculos embaçados, protetor auricular, cadeiras e muletas”, contou a vereadora.  Ela chamou atenção para o objetivo que é estimular o respeito e o cuidado de todos com os que têm prioridade no transporte público.

Collins aproveitou a oportunidade para divulgar os números em que os usuários podem ligar caso presenciem ou forem vítimas de qualquer tipo de desrespeito no transporte ou nos terminais integrados podem casos de desrespeito podem ser feitas à Central de Atendimento ao Cliente, através do número 0800 081 0158 ou pelo Whatsapp (81) 9.9488-3999.

A Missionária Michele é presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Câmara e ressaltou que essa pauta precisa ser divulgada com toda a sociedade. “Essa é uma de nossas bandeiras aqui na Casa de Jose Mariano e fico muito feliz quando vejo ações como essa acontecendo, para fazer as pessoas sentirem na pele as dificuldades que os idosos e as pessoas com deficiência têm todos os dias”, finalizou.

Números – O Sistema de Transporte Público de Passageiros (STPP) transporta uma média de 1,8 milhão de usuários por dia. Desse total, além dos idosos, 35 mil pessoas têm algum tipo de deficiência – física, visual, auditiva ou intelectual.

Conforme levantamento do IBGE a Região Nordeste é a que tem o menor percentual de municípios (5,3%) com frota de transporte público acessível, seguida pelo Norte (5,7%) e Sul (9,8%).  De acordo com o último censo, feito no ano de 2010, o IBGE informou que o perfil nacional da pessoa com deficiência correspondia a uma população de mais de 45 milhões de pessoas, o equivalente a 23,9%. Em Pernambuco, o número é maior que dois milhões de pessoas, correspondendo a 27,58% e, no Recife, mais de 400 mil pessoas, correspondendo a 28,05%.

/ Em Notícias / Por ASCOM / Comentários desativados em Missionária Michele Collins destaca Campanha “E se fosse você?” do Grande Recife Consórcio