Missionária Michele Collins alerta para riscos da trombose   

 

No último domingo (16), foi celebrado o Dia Nacional de Combate e Prevenção à Trombose, para lembrar a data a vereadora Missionária Michele Collins subiu à tribuna da Câmara do Recife para falar sobre o assunto. A parlamentar é autora do projeto de lei nº 342/2017, que propõe a garantia às mulheres o acesso ao exame que detecta a trombofilia, ou seja, se a pessoa tem predisposição genética para o desenvolvimento da trombose.

A Missionária Michele abordou os riscos associados à trombose, que pode ser fatal. “Ocupo esta tribuna para registrar a passagem do Dia Nacional do Combate e Prevenção à Trombose. Foi uma oportunidade para a gente alertar a população sobre o tema. A trombose é uma doença caracterizada pelo desenvolvimento de um coágulo dentre de um vaso sanguíneo, o que resulta no entupimento dele.”

Michele contou que a ideia do projeto de lei nº 342/2017 surgiu após o falecimento do feto de uma funcionária de seu gabinete em decorrência de um tromboembolismo. “Isso tem acontecido com muitas mulheres. É triste uma família sonhar com uma criança e perdê-la”, lamentou.