Vereadora Missionária Michele Collins participa de audiência pública sobre curso técnico em reabilitação de dependentes químicos - Michele Collins

Vereadora Missionária Michele Collins participa de audiência pública sobre curso técnico em reabilitação de dependentes químicos

A vereadora Missionária Michele Collins participou hoje, de audiência pública na Câmara Municipal do Recife. O assunto em discussão sobre a regulamentação da profissão de técnico em reabilitação de dependentes químicos. Participam representantes da Secretaria de Drogas do Recife – SEPOD, representantes da sociedade civil, professores e representantes do CREMEP – Conselho Regional de Medicina de Pernambuco.

A reunião teve como objetivo o princípio de que a Política Nacional Sobre Drogas, em vigor desde 2005, propõe uma abordagem menos centrada na repressão e, do ponto de vista clínico, na abstenção do uso de drogas. O único profissional previsto no Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos para atuação na área é o Técnico em Reabilitação de Dependentes Químicos, cujas bases curriculares da formação foram aprovadas em 2002, mesmo assim a profissão não está regulamentada pelo Ministério da Educação e o curso encontra-se fechado em todo o País.

Durante a audiência pública, foi ressaltado que estudos e pesquisas realizados no Brasil possibilitam verificar que o uso de drogas se tornou presente na vida dos cidadãos, atingindo, sobretudo, o jovem. Segundo dados do Ministério da Saúde, o alcoolismo e o uso de drogas ilícitas representaram, em conjunto, cerca de 28% do total de internações por transtornos mentais no País, nos últimos anos.

Para melhorar o atendimento destes pacientes foi criado, em 2002, o curso para formar profissionais Técnicos em Reabilitação de dependentes Químicos, um passo extremamente importante para a preparação dos profissionais de nível médio que atua na área.

No Recife, três instituições já ofereceram o curso através do Pronatec (Fafire, Uninassau e Facho). No entanto, apesar da importância do curso, atualmente ele não está sendo oferecido em nenhuma instituição do Brasil. Em Pernambuco, seis turmas foram formadas. Segundo o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos em Reabilitação de Dependentes Químicos, o curso deve abordar elementos como direitos humanos e legislação, bases bioquímicas e neuroquímicas da dependência química, psicopatologias e redução de danos e reinserção social. O curso é voltado a formar um profissional que atue na prevenção, no tratamento e que leve em consideração a redução de danos.
Durante sua fala, Michele Collins ressaltou pontos fundamentais na Política de Drogas: “Tenho acompanhado um pouco a luta pela regulamentação da profissão de técnico em referência química. E desde que soube do início do curso para profissão fiquei realmente animada. Tem sido uma luta ideológica trabalhar em comunidades terapêuticas. Fiquei muito feliz com esse debate, pois me senti contemplada com o que ouvimos aqui e acredito que tanto a Prefeitura como o Governo podem empregar esses profissionais. Já me reuni com o Secretário Executivo de Políticas sobre Drogas, André Sena, e ele demonstrou interesse em contratar esses técnicos, mas precisa de mais recursos para isso. A luta pela regulamentação é muito importante e urgente. Estivemos em Brasília com o ministro do trabalho e falamos sobre isso, quando ele demonstrou interesse nesta pauta. Ressalto que essa é uma luta de todos nós”.

/ Em Notícias / Por Desenvolvedor / Comentários desativados em Vereadora Missionária Michele Collins participa de audiência pública sobre curso técnico em reabilitação de dependentes químicos