Pré-candidata, Michele Collins critica governo - Michele Collins

Pré-candidata, Michele Collins critica governo

 

PUBLICADO POR MAURÍCIO JÚNIOR, EM 18.03.2014 ÀS 23:00

Por Anderson Bandeira
Da Folha de Pernambuco

Cotada para assumir a vaga de vice na chapa majoritária do PTB, a vereadora do Recife Michele Collins (PP) deu claros sinais nesta terça-feira que a aliança entre o PP e o PTB de fato pode vir a se consolidar. Demonstrando alinhamento com o projeto petebista, que no Estado vem sendo bastante combativo as ações do Governo Estadual, Collins utilizou a tribuna do plenário para criticar a gestão socialista pelo fraco desempenho na criação de emprego nos dois primeiros meses do ano.

“Uso a tribuna desta casa para falar sobre um assunto muito importante que é o fato de Pernambuco ter apresentado queda ao obter o terceiro pior resultado da criação de empregos no ranking dos Estados. Embora o País tenha registrado, neste ano, o melhor fevereiro em geração de empregos desde 2011, o mercado de trabalho formal no Estado perdeu 883 empregos com carteira assinada em fevereiro”, disparou a parlamentar ao apresentar os dados divulgados recentemente pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do trabalho e emprego.

De acordo com a vereadora, em janeiro, Pernambuco obteve um saldo de 50.169 admissões contra 51.052 demissões em fevereiro, o que representou “uma redução de 0,06%”. Segundo ela, a queda foi concentrada na indústria de transformação, com ênfase no setor sucroalcooleiro e em menor escala no comércio. Conforme a missionária, o Estado perdeu apenas para o Amapá, cuja queda foi de 0,64%, e para o Maranhão, com redução de 0,18%.

“Lamento a colocação de Pernambuco porque os números mostram que muitas famílias estão passando por dificuldades, principalmente aquelas que trabalham na zona rural. Precisamos reverter esses números. Afinal de contas, Pernambuco recebeu muitos investimentos nos últimos anos e não justifica essa queda nos empregos formais. São dados preocupantes e me preocupo com a qualidade de vida dos pernambucanos que precisam de renda para sustentar suas famílias e pagarem suas despesas”, avaliou.

A pepesista aproveitou ainda a sessão para afagar a gestão do PT pela eficácia do programa Mais Médico. Os elogios foram dados durante um aparte ao líder da oposição na Câmara, Raul Jungmann (PPS), que trouxe uma denúncia sobre o descaso no atendimento em um posto de saúde municipal no bairro do Ibura. Na ocasião, o pós-comunista revelou que, em visita a unidade, constatou a falta de medicamentos e de diversos profissionais, com exceção de uma médica cubana que estava no local. Collins frisou que o programa foi muito criticado e, naquela oportunidade, apenas a cubana se encontrava no PSF.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.